01
Fev
10

Governo quer reduzir salários acima do teto

Atentem que o governo faz referência aos salários nas instituições educacionais, inclusive nos INSTITUTOS FEDERAIS.




http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2010/01/27/materia.2010-01-27.7685768550/view

27 de Janeiro de 2010 – 12h05 –

AGU quer reverter pagamento de salários acima do teto constitucional

Priscilla Mazenotti
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Advocacia-Geral da União quer reverter judicialmente decisões que permitiram o pagamento de salários acima do teto constitucional a servidores federais.

Levantamento do Ministério do Planejamento mostra que grande parte dos que recebem mais de R$ 24,5 mil previstos no teto, que tem como base a remuneração de ministros do Supremo Tribunal Federal, é de servidores de entidades ligadas à educação e institutos de educação tecnológica.

Os benefícios foram concedidos por meio de decisões judiciais, visando à recuperação de perdas em planos econômicos na década de 90.

Com base nas informações enviadas pelo Planejamento, a AGU vai analisar caso a caso os processos judiciais que levaram à definição do valor pago.

“Vamos passar um pente-fino para colocar o valor dentro do teto previsto na Constituição”, disse o procurador-geral federal, Marcelo Siqueira.

São cinco servidores da área da educação que estão nessa situação. Siqueira disse que, apesar do número baixo, a fiscalização deverá ter cunho pedagógico.

O maior salário é o recebido por um servidor da Universidade Federal do Ceará: R$ 46,4 mil. A Procuradoria Federal em Fortaleza já rastreou o processo – que ainda não transitou em julgado – e agora tomará as medidas para reverter judicialmente a decisão.

Marcelo Siqueira, no entanto, não descartou a possibilidade de ter havido problemas nos processos judiciais que originaram as vantagens e também que possa ter havido algum tipo de favorecimento por parte dos procuradores.

“Algum tipo de leniência dos procuradores na época por também se beneficiarem de algumas decisões”, disse acrescentando que, se houver a comprovação, o procurador será demitido. Se estiver aposentado, terá a aposentadoria cassada.

Edição: Tereza Barbosa

Advertisements

0 Responses to “Governo quer reduzir salários acima do teto”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


AGENDA

JANEIRO/2014

04 - Reunião das Entidades do Serviço Público, em Brasília/DF

05 - Marcha de Abertura da Campanha Salarial 2014 dos SPFs, em Brasília/DF

06 - Seminário sobre Dívida Pública, em Brasília/DF

07 - Plenária do Fórum de Entidades do Serviço Público, em Brasília/DF

13 - Reunião da CNS, em Brasília/DF

21 - Prazo final para realização das assembleias para eleição de delegados do 28º CONSINASEFE e para discussão da greve

22 a 23 - 120ª PLENA do SINASEFE, em Brasília/DF

NOVO SITE DO SINASEFE-PA

Vídeos

Fotos

Fevereiro 2010
D S T Q Q S S
« Jan   Mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Arquivos

Diretoria Executiva – Biênio 2013/2015 – Gestão Ação e Luta

Coordenação Geral
Antônio Vitorino de Morais
Acácio Tarciso Moreira de Melo
Carlos Alberto Nobre da Silva

Secretário Geral
Cledson Nahum Alves

Secretário Adjunto
Luiz Otávio Monteiro Barroso

Tesoureiro Geral
Waldemir Gonçalves Nascimento

Tesoureiro Adjunto
Bartolomeu José de Barroso Junior

Secretário de Formação Política e Sindical
José Maria Cardoso Sacramento

Secretario de Imprensa e Divulgação
Maria Grings Batista

Secretario de Assuntos Legislativos e Jurídicos
Valderino Assunção Souza

FALE CONOSCO

TWITTER

Estatísticas do Blog

  • 71,416 Visitantes

Acessos no dia de hoje

política

%d bloggers like this: